MEC adia provas do Enem para 980 candidatos em Sergipe



03/11/16 06h56   Educação Imprimir

O Ministério da Educação (MEC) e o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgaram no fim da tarde desta terça-feira, 1º, que 980 candidatos em Sergipe farão as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) nos dias 3 e 4 de dezembro. Os novos locais de prova ainda serão divulgados.



A mudança envolve os candidatos que fariam as provas na Didática VI do Campus São Cristóvão da Universidade Federal de Sergipe (UFS), local que está ocupado por estudantes que Pprotestam contra a PEC 241 e a Medida Provisória que trata da reforma do ensino médio.



De acordo com o Inep, a mudança dos locais de prova na véspera da aplicação coloca em risco a segurança do Enem. O exame exige um plano logístico de distribuição do material, com rotas pré-definidas, escoltas policiais e efetivo policial destacado para a operação. A alteração desses locais implica em reprocessar todo o material para readequação da nova logística. O local requer, ainda, estrutura mínima para receber a aplicação, ter acessibilidade para deficientes físicos (banheiros adaptados, mobiliário adequado para cadeirantes, surdos, cegos e à faixa etária), além de salas extras e estudo de plano de risco.

 

Ainda de acordo com o Inep, a nova aplicação será em tempo hábil para a utilização dos resultados no SISU, Fies e Prouni. Do ponto de vista da prova, os novos itens serão equivalentes, de modo a garantir a isonomia do Enem.



Enem

As provas do Enem acontece nos dias 5 e 6 de novembro para a maior parte dos candidatos. As provas nos dias 3 e 4 de dezembro serão aplicadas somente para os estudantes cujo local de prova está afetado por ocupações. No país inteiro, são 304 locais de aplicação de prova ocupados que afetam 191.494 candidatos.

 

Por Verlane Estácio 
Com informações do Inep