Corpo do jogador sergipano Thiego será sepultado em Aracaju - Paparazzo Sergipe
 
 
 
 

Corpo do jogador sergipano Thiego será sepultado em Aracaju



01/12/16 06h18   Acidente Imprimir

Por PAPARAZZO SERGIPE

De acordo com o Itamaraty até o início da tarde desta quarta-feira (30), foram identificados 20 corpos das vítimas do acidente aéreo com a equipe da Chapecoense, ocorrido ontem (29) na Colômbia. Equipes da Polícia Federal, dos Ministérios da Saúde e do Esporte e do Itamaraty, estão em Medellín para auxiliar no processo de identificação dos corpos das vítimas.

 

A confirmação da identidade das vítimas foi feita a partir dos dados biométricos levados pela Polícia Federal, mas o Itamaraty não divulgou a lista dos nomes já identificados. Os primeiros corpos poderão ser trazidos para o Brasil antes do término do trabalho de reconhecimento de todos os passageiros, a expectativa é que o traslado para o Brasil aconteça a partir de amanhã (1º) e que até o final de semana todos os corpos estejam no país.

 

Sobre os brasileiros que estão hospitalizados, o Itamaraty afirma que ainda não tem uma perspectiva de quando será possível trazê-los para o Brasil, já que a situação de saúde ainda é considerada crítica.

 

Willian Thiego

A família do jogador sergipano Willian Thiego disse que após as homenagens que serão realizadas em Chapecó (SC), o corpo do zagueiro será trazido para Aracaju (SE), onde ocorrerá o sepultamento. A mãe de Thiego, Lenice de Jesus, disse que ainda não tem nenhuma informação de quando o corpo chegará, e que o único contato oficial é a nora, que está em Chapecó.

 

A direção do Club Sportivo Sergipe, onde Thiego iniciou a carreira, ofereceu o salão nobre do Estádio João Hora para velar e homenagear o atleta. Mas, dona Lenice disse que ainda não sabe como vai ser, mas que quando o corpo chegar será velado na casa da família, atendendo ao pedido da avó do jogador, Maria Helena, de 76 anos. “Esse é um momento de muita dor e muita tristeza, assim como eu, ela está sofrendo muito e não posso negar a vontade dela”, disse.

 

Serviço

Dois números de telefone foram disponibilizados para atender os familiares que não puderam ir à Colômbia. Os contatos são 00 57 4 3656180 ou 00 57 4 3656181. No Brasil, os familiares podem buscar informações ou esclarecimentos com o núcleo de assistência do Ministério das Relações Exteriores de segunda a sexta-feira, das 8h às 20h, pelos telefones +55 61 2030 8803 e +55 61 2030 8804, e pelo e-mail dac@itamaraty.gov.br. Nos demais horários, poderá ser contatado o telefone do plantão consular da Subsecretaria-Geral das Comunidades Brasileiras e de Assuntos Consulares e Jurídicos do Itamaraty: +55 61 98197-2284.

 

*Com informações da Agência Brasil