Comércio sergipano está otimista com as vendas do Carnaval



16/02/17 10h32   Cultura Imprimir
Por F5 News
 
Apesar de as vendas do varejo continuarem num ritmo de crescimento lento, a proximidade do Carnaval está deixando os lojistas de Sergipe mais otimistas. Segundo o representante da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas em Sergipe (FCDL), Edivaldo Cunha, a data em que o carnaval será comemorado neste ano deve influenciar no aquecimento das vendas no período.
 
 
“Temos vários segmentos que se beneficiam da festa, como bares, restaurantes, hotéis, lojas de vestuários e sapatos, armarinhos, enfim, acredito que pode gerar uma movimentação a mais num mês considerado tão curto”, destaca Cunha.
 
 
O Sindilojas/Sergipe também acredita que os consumidores têm um estimulo maior para ir às compras. “Paetês, fantasias, máscaras e diversos itens expostos em vitrines  chamam a atenção do consumidor para a maior festa do país, e também faz com que haja uma atração da clientela às compras carnavalescas. Do turista ao morador da cidade, uma boa parte da população acaba se inteirando à festa, gerando negócios no comércio”, aponta Gilson Figueiredo, presidente da entidade.
 
 
Uma pesquisa da CDL do estado do Rio de Janeiro aponta uma expectativa de aumento nas vendas do setor em torno de 1% até o final do carnaval em comparação mesmo período do ano passado.
 
 
De acordo com os lojistas, os produtos que deverão ter maior venda são adereços e fantasias, tecidos, bermudas, shorts, camisetas e linha de praia. O preço médio das compras deve ficar em torno de R$ 120.
 
 
Outro segmento que também está otimista é o de venda de bebidas. A rede de supermercados GBarbosa estima um aumento de 15% nas vendas e, para isso, vai apostar em descontos.
 
 
“Preparamos várias promoções para garantir o preço mais baixo da bebida na cidade. A nossa expectativa é crescer 15 % nas vendas em comparação com o ano passado”, comenta a gerente Comercial de Bebidas do GBarbosa, Vanessa Morgan.
 
 
Além disso, os destilados para o preparo de caipiroscas, caipirinhas e coquetéis, que têm grande venda no período, também serão comercializados com preços reduzidos durante todos os dias de festa.