Confiança é campeão estadual 2017 - Paparazzo Sergipe
 
 
 
 

Confiança é campeão estadual 2017



06/05/17 10h28   Esporte Imprimir
Confiança é o mais novo campeão sergipano. A última vez tinha sido em 2015, quando foi bicampeão. Na tarde deste sábado, 6, no jogo de volta da grande decisão do estadual, o Confiança visitou o rival Itabaiana no estádio Etelvino Mendonça, venceu pelo placar de 1 x 0 em uma partida digna de final e se consagrou campeão sergipano de 2017.
 
 
Este é o 21º título sergipano do Dragão, contando com aquele de 2000 que até hoje está sob júdice, dividido com o maior rival, o Sergipe. O time do Confiança terá pela frente Brasileiro da Série C, Copa do Nordeste e Copa do Brasil – assim como o vice-campeão Itabaiana terá pela frente Brasileiro da Série D, Copa do Nordeste e Copa do Brasil.
 
 
O jogo
Com esmagadora parte da torcida a seu lado, o Itabaiana quis mostrar ao Confiança o tamanho do problema que era enfrentá-lo em seu covil. Como já era esperado, o Confiança foi pra cima desde o começo da partida. Tito, logo aos 3 minutos, fez boa jogada individual pela esquerda e quase marcou. Depois o mesmo atacante tentou pela direita e não foi feliz. Enquanto isso, André Beleza comandava as criações do lado tricolor, principalmente pela esquerda com Madona. Dragão e Tremendão insistiam através das bolas paradas, mas as duas defesas estavam muito bem. Goleiros e zagueiros estavam concentrados e não deixaram a rede balançar no Etelvino Mendonça na primeira etapa.
 
 
Flávio até tentou de fora da área e não conseguiu. O mesmo aconteceu nas investidas de Diego Neves e Paulinho Macaíba. A melhor chance do Tricolor foi quando DN9 serviu André Beleza, mas o domínio dele não foi legal e Henrique saiu bem do gol. Álvaro (melhor chance) e Cordeiro também tentaram, mas de nada adiantou. Hércules idem. As faltas foram aumentando e os cartões amarelos foram surgindo. Até nisso o equilíbrio. Foram quatro, dois para o Confiança e dois para o Itabaiana. Jardel, pelo time proletário, e André, pelo tricolor, foram as últimas tentativas desta etapa que terminou 0 a 0.
 
 
Segunda etapa
 
No segundo tempo, já era de se esperar que o desespero do Itabaiana seria a tônica da partida. Mas o Confiança, firme na marcação, não deixou o adversário ir muito longe – e o nervosismo tricolor só aumentou. No intervalo, Leandro Sena apostou as fichas em dois jogadores, os atacantes Iago e Thiago Silvy. Com isso, o Confiança foi ainda mais pra cima dos donos da casa. O setor ofensivo proletário realmente melhorou. Era o tudo ou nada para o Dragão. Sendo assim, os azulinos deixaram espaços e o Itabaiana chegou algumas vezes ao gol de Henrique. Diego Neves, Hércules e André Beleza foram os três que mais tentaram, nenhum deles foi eficiente. Mérito também do setor defensivo proletário que se manteve bem durante toda a partida.
 
 
O Confiança insistia nas jogadas pelas laterais e bolas aéreas. Até que, aos 25 minutos, Thiago Silvy disputa a bola dentro da área com Alexandre. O zagueiro do Itabaiana toca a bola com a mão e o árbitro marca a penalidade para o Dragão. O próprio Silvy foi lá e marcou para os proletários, tirando a vantagem do Tremendão. Genivaldo até foi na bola, mas não conseguiu pegar, foi uma boa cobrança do atacante azulino, que recebeu cartão amarelo porque tirou a camisa na comemoração.
 
 
Depois do gol, Itabaiana foi com tudo em busca do empate e o Confiança tentava ampliar. As equipes iam se revezando no ataque até que, aos 33 minutos, Madona recebe segundo amarelo por reclamação e é expulso, deixando os donos da casa com 10 em campo. Dois minutos depois, quase Iago faz o segundo gol proletário em jogada individual. E aos 37 a melhor chance do Tremendão. Em cobrança de falta de André Beleza no ângulo, Henrique faz grande defesa e garante o placar. Depois dos 40 minutos, jogadores começaram a se estranhar e rolaram algumas discussões e agressões físicas. Em uma delas, Genivaldo e Silvy recebem cartão amarelo. O atacante do Confiança já tinha um e foi expulso. Cláudio Francisco e os auxiliares tiveram muito trabalho para contornar os conflitos, mas conseguiram. Já aos 50, Chapinha teve uma boa chance de empatar e mandou pra fora. Fim de papo no Mendonção: Itabaiana zero, Confiança um. O Dragão do Bairro Industrial volta a conquistar o título estadual.
 
 
 
 
Vejam a relação dos “Melhores do Campeonato” com sua respectiva votação:
 
 
Goleiro – Genivaldo (AOI) - 35 votos; Ala Direita – Magno (AOI) – 16; Zagueiro 1 – Anderson (ADC) – 21; Zagueiro 2 – Heverton Luiz (AOI) – 20; Ala Esquerda - Janisson Madona (AOI) – 23; Volante 1 – Ramalho (CSS) – 28; Volante 2 – Jardel (ADC) – 14; Meia 1 - Everton Santos (ADC) – 25; Meia 2 – Rafael Vila (ADC) – 19; Atacante 1 – Tito (ADC) – 37; Atacante 2 – Hiago (CSS) – 13.
 
 
Comissão Técnica: Foram eleitos os seguintes membros da Comissão Técnica e arbitragem: Cláudio Francisco Lima e Silva – Árbitro do Ano – 11 votos; Marcel Philipe Martins (Árbitro Revelação) – 14; Cleriston Cley B. Rios (Assistente 1) – 17; Vaneide Vieira Góis (Assistente 2) – 12; Tito (ADC) – Craque do Ano – 15; Tiquinho (Amadense) – Craque Revelação – 11; Amilton Gomes (AOI) – Presidente do Ano – 24; Adailton Souza (AOI) – Diretor de Futebol – 18; Nelson Lima (AOI) – Supervisor – 12; Ailton Silva (AOI) – Técnico – 25; Felipe França (AOI) – Preparador Físico – 13; André Godoy (AOI) – Preparador de Goleiros – 23; Luiz Alberto de Pádua (CSS) – Médico – 20; Eraldinho (ADC) – Massagista – 13; Betinho (ADC) – Mordomo – 17.
 
 
A Comissão apuradora foi formada por Reginaldo Gouveia e Givaldo Batista (FSF), Roberto Silva (ACDS), Adel Ribeiro (Rádio Cultura AM), Rivaldo Sobral (Fundação Aperipê) e Carlos Magno (Rádio Jornal AM). 
 
 
PAPARAZZO SERGIPE