Manifestantes fecham rodovias federais em SE e na capital transporte público está suspenso - Paparazzo Sergipe
 
 
 
 

Manifestantes fecham rodovias federais em SE e na capital transporte público está suspenso



30/06/17 08h32   Diversos Imprimir
A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que desde as primeiras horas da manhã desta sexta-feira (30) três trechos da BR-101 foram fechados por integrantes Frente Brasil Popular, que realizam protestos contra às reformas trabalhistas e da Previdência. Eles também são a favor de eleições diretas. Organizadores e polícia não informaram quantas pessoas participaram dos atos.
 
 
Os pontos interditados nos dois sentidos nas rodovias federais são: KM 9, da BR 235, no município de Nossa Senhora do Socorro e nos quilômetros 89, também em Nossa Senhora do Socorro, e no 70, no município de Maruim.
 
 
Na capital sergipana, o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Aracaju (Setransp) informou que conseguiu uma liminar para manter 30% da frota atendendo a população, mas segundo o sindicato, os trabalhadores rodoviários impediram a saída dos veículos desde as primeiras horas desta sexta-feira. Com a ausência dos veículos nas ruas, o sindicato estima que cerca de 230 pessoas foram afetadas.
 
 
Na ponte do Conjunto João Alves Filho, município de Nossa Senhora do Socorro, que faz divisa com a capital, manifestanets atearam fogo em pneus. A Polícia Militar tentou manter a ordem e por volta das 8 horas o trânsito foi liberadao em meia pista.
 
 
Na Rodovia Marechal Rondon, em frente a garagem de uma empresa de ônibus, no município de São Cristóvão (SE), manifestantes fecharam a rodovia nos dois sentidos. Motociclistas tentaram passar, gerando confusão generalizada, inclusive com agressões. A PM está no local e fez disparos de arma não letal para conter os ânimos dos manifestantes.
 
 
Tudo acontece ao lado de um posto de combustível, que praticamente sumiu por causa da fumaça. Uma equipe do Corpo de Combustível foi chamado para apagar às chamas e evitar um problema ainda maior.
 
 
Transporte Público
O Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Rodoviário do Município de Aracaju (Sintra) confirmou que os trabalhadores aderiram à paralisação.

G1/SE