Suspeitos de assaltos a escolas e ônibus morrem em confronto com a polícia



15/08/17 08h42   Polícia Imprimir

ois suspeitos de diversos assaltos a ônibus e a escolas morreram em confronto com a polícia na noite de segunda-feira (14). Os policiais civis se aproximaram e fizeram a abordagem a um táxi no Povoado Piçarreira, no município de Santa Luzia do Itanhy (SE).

 

De acordo com informações da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP), um dos suspeitos mortos era chefe de uma organização criminosa que agia com violência contra as vítimas. Segundo a polícia, ele e os comparsas também roubaram escolas e ônibus de estudantes nas cidades de Estância, Cristinápolis e Boquim.

 

O grupo realizou diversos roubos a ônibus executivos que fazem a linha Aracaju/ Salvador/Brasília. Nos crimes, cinco homens tomavam os ônibus e roubavam celulares e bagagens de mão dos passageiros. Quatro desses suspeitos já haviam sido presos anteriormente em ação do Batalhão de Rádio Patrulha. Os criminosos eram agressivos e atacavam os motoristas com socos, tapas e coronhadas. Eles também atiravam para o alto para intimidar os passageiros.

 

Um dos mortos na operação seria o autor do disparo de arma de fogo que atingiu de raspão a cabeça de um adolescente, o estudante ficou em choque durante um assalto a Escola Municipal Zarria Gabriel Jasmim, no Bairro Alecrim em Estância.

 

Em Cristinápolis, uma criança foi agredida durante em um roubo ao ônibus escolar em que ela estava. O veículo foi tomado na entrada da cidade na última quinta-feira (10). A SSP acredita que outras vítimas vão reconhecer os suspeitos após o desfecho da operação.

 

Participaram da operação, equipes do Complexo de Operações Policiais Especiais (Cope), Divisão de Inteligência da Polícia Civil (Dipol) e do Setor de Roubos e Furtos de Estância.

Do G1 SE