CCJ Da Câmara De Estância Vê Nesta Quarta Recursos Sobre Cidadania A Lula



15/08/17 11h09   Estância Imprimir

Recurso de autoria do vereador Sandro de Bibi (PRB), que pede anulação da sessão que concedeu o título de Cidadão Estanciano ao ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva (PT), que seria apreciado nesta terça-feira (15) pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), da Câmara Municipal de Estância foi adiada para a quarta-feira (16).

 

Durante a sessão desta terça-feira (15) vários vereadores foram à tribuna da Câmara e confirmaram que votaram no título de cidadania para o ex-presidente Lula da Silva e se mostraram contra ao recurso de anulação que concedeu a cidadania ao ex-presidente Lula, que visita a Estância na tarde do próximo domingo (20).

 

O vereador, que é ligado ao ex-prefeito Ivan Leite (PRB), disse nesta segunda-feira à noite quw a sessão que concedeu o titulo de cidadão ao ex-presidente, ocorreu de forma irregular com o pedido de urgência e que fugiu ao regulamento interno. A decisão de anulação será votado pelo Pleno da Câmara nesta terça-feira (15).

 

Desde a manhã de terça-feira que surgiram comentários de que a CCJ não apreciaria o recurso, em razão de pressão políticas de lideranças partidárias contrárias à concessão da Cidadania. O vereador Artur do PT, em aparte no plenário da Casa, deixou claro que essas pressões estavam ocorrendo. Tem quem admita que, mesmo sendo derrotada na CCJ, o recurso pode ser aprovado em plenário.

 

O vereador, que é ligado ao ex-prefeito Ivan Leite (PRB), disse na noite de segunda-feira (14) que a sessão que concedeu o titulo de cidadão ao ex-presidente, ocorreu de forma irregular com o pedido de urgência e que fugiu ao regulamento interno.

 

O vereador Sandro de Bibi também considerou, em seu recurso, que Lula responde a processo na Justiça Federal por corrupção e fora condenado em razão do Triplex de Guarujá, que no momento depende de decisão em segunda instância.

 

Reconhece que ele fez muito pelo Nordeste, mas fez uma pergunta ao próprio Ivan Leite: “você daria titulo de cidadão estanciano a um condenado?”. Sandro de Bibi não vê que isso se transforme “em campo de batalha”.

Fonte: faxaju