Operação conjunta entre policias da Bahia e Sergipe prende membros de associação criminosa nos dois estados - Paparazzo Sergipe
 
 
 
 

Operação conjunta entre policias da Bahia e Sergipe prende membros de associação criminosa nos dois estados



18/08/17 09h10   Polícia Imprimir

O Departamento de Crimes contra a Ordem Tributária (Deotap) e o Grupo Especial de Repressão e Busca (Gerb), juntamente com a segunda Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin) da Bahia, com sede em Alagoinhas, cumpriram quatro mandados de prisão preventiva e 34 mandados de busca e apreensão, na quinta-feira (17), nas cidades de Rio Real, na Bahia, e Indiaroba e São Cristóvão, em Sergipe. 

 

De acordo com o delegado Jobson Lucas Marques, titular da Delegacia Territorial (DT), de Rio Real, que esteve à frente da operação, os presos integram uma organização criminosa que estava sendo investigada há mais de 10 meses por suas equipes. Com sede naquela cidade, a quadrilha é responsável por mais de 20 homicídios, todos de traficantes rivais ou usuários com dívidas de droga. O bando também está envolvido com roubos, torturas, sequestros e extorsões. Dez quilos de maconha e outras 300 trouxas da droga foram apreendidos, além de oito papelotes de cocaína, uma arma e 11 celulares.

 

A organização, composta por aproximadamente 40 integrantes, possuía, segundo o delegado, uma hierarquia estruturada, com divisão de tarefas delimitadas e poder de intimidação. Liderada por André Luiz Conceição Ferreira, que está preso no Presídio de São Cristóvão, em Sergipe. Ele comanda a organização por meio da companheira Iraíldes Santos de Sá, a “Tico”, que repassa as ordens ao grupo. O braço direito de André era Luiz Alex Sá Santos, o “Alex Neguinho”, residente em Indiaroba, e principal alvo preso na operação.

 

 

Prisões realizadas em Sergipe

Na manhã desta sexta-feira, dia 18, dando continuidade a operação realizada pela Polícia Civil da Bahia, novamente com o apoio operacional de equipes de Sergipe (Deotap e Gerb), foram presas duas pessoas  em Aracaju, no Bairro Coroa do Meio, também envolvidas com uma organização criminosa ligada ao tráfico de entorpecentes. Toda a investigação será realizada pela Polícia Civil da Bahia. 

 

Foram presos Juliana Santos Teles, 27 anos, e Luis Henrique Oliveira de Freitas, 25. Os dois foram recambiados, ainda pela manhã, para Salvador, Bahia.

 

Presos

Os demais presos são: Francisco Alves Santos Júnior, o “Seriguete”, Igor Souza, o “Gordo”, Tailan Souza Cardoso, o “Pezão, Ricardo dos Santos Maciel, Renilton dos Santos Moura, o “Cheiro”, Enrique Caio Oliveira Santos, o “Tchuk”, Adson Goes da Paixão, Ricardo Paulo Melo de Oliveira, o “Ricardo do Brega”, Jânio de Jesus Rosa, Eunice Felícia dos Santos, Aleci dos Santos Vieira, Rosilange Carvalho Santos, Jossilene Dos Santos de Souza e Clécia dos Santos Vieira. Os mandados foram expedidos pela Comarca de Rio Real.

 

O delegado Jobson Marques lembra que, antes desta operação, outros seis integrantes da organização criminosa já haviam sido presos em ações diversas da policia na região. São eles: Ícaro Nunes dos Santos, o “Zumbi”, Cristiano Santos Silva, o “Barriga”, Carlos Alexandre Santos Gois, o “Serrote”, Adriano Souza Santos e Gleidson Santos Brito, o “Formiga”.

 

A operação contou com a participação das equipes das delegacias territoriais (DTs) de Rio Real, Catu, Olindina, Itapicuru, Esplanada, Aporá, Acajutiba, das delegacias de Repressão a Furtos e Roubos (DRFR) de Alagoinhas e Feira de Santana, da Coordenação de Apoio Técnico à Investigação (CATI), do Departamento de Polícia do Interior (Depin), do Departamento de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco), da Coordenação de Operações Especiais (COE), das 1ª e 2ª Coorpins, de Feira e Alagoinhas, respectivamente, Polinter, Serviço de Inteligência da Secretaria da Segurança Pública (SSP/BA) e equipes da GERB, da Polícia Civil de Sergipe.

 

 

Com informações da Ascom SSP/BA