Assassinos de Crizzan Cruz Santos são condenados a mais de 23 anos de prisão



06/10/17 10h57   Polícia Imprimir
Nailton Vitório Santos, Edinaldo Andrade e Ruan Andrade Vieira foram condenados nesta sexta-feira a mais de 23 anos de cadeia pelo assassinato do técnico em iluminação Crizzan Cruz Santos, 21 anos. 
 
 
Entenda o caso
 
De acordo com os autos, o técnico de iluminação, Crizzan Cruz Santos de 21 anos, no ano de 2015 foi espancado e enterrado ainda vivo, no dia 26 de fevereiro de 2015, em um canteiro de obras localizado na Rua Tenente Wendel Quaranta, no Bairro Suíssa em Aracaju, local onde a vítima trabalhava como pedreiro.
 
 
De acordo como informações da polícia, a vítima era funcionário da obra e estava desaparecida há 15 dias. “A família nos procurou e as investigações nos trouxeram até a construção, o que confirmou a nossa suspeita inicial”, afirma a delegada Juliana Alcoforado do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).
 
 
PAPARAZZO SERGIPE