Escolas de Samba de Estância dão show de originalidade na avenida



14/02/18 10h18   Cultura Imprimir
Fonte: SECOM
 
Único município sergipano no qual a Prefeitura Municipal mantém a tradição das escolas de samba na programação carnavalesca, Estância se deslumbrou, na noite de ontem, terça-feira, 13, com o belo trabalho de cinco agremiações. Passaram pela avenida Getúlio Vargas em direção à Praça Rio Branco, a Acadêmicos do Bem Viver, Imperatriz da Cidade, Acadêmicos do Porto, Amantes do Samba e Império do Samba esbanjando samba no pé e muita criatividade.
 
 
Cada uma teve 1h15 de desfile. Neste período foram avaliadas por uma comissão formada por seis jurados nos critérios Bateria, Samba-Enredo, Harmonia, Evolução, Enredo, Alegorias e Adereços, Fantasias, Comissão de frente e Mestre-Sala e Porta-Bandeira.
 
 
Ao final da apuração, a grande campeã do Carnaval 2018 foi a Império do Samba. A Escola Acadêmicos do Porto ficou na terceira posição, recebendo o troféu e a quantia de R $2.000,00. Em segundo ficou a Amantes do Samba, que fez bonito na avenida e conquistou a simpatia dos jurados, conquistando o valor de R $3.000,00. A vencedora recebeu RS 5.000,00, além do troféu.
 
 
Temas 
A primeira escola de samba a pisar na avenida foi a Acadêmicos do Bem Viver, trazendo o samba enredo "Um canto à Africa cantado num navio, entoado no Brasil um canto a Clara", uma homenagem à Clara Nunes, a primeira cantora brasileira a vender mais de 100 mil cópias, derrubando um tabu de que as mulheres não vendiam discos.
 
 
A Acadêmicos do Porto veio logo em seguida, com o samba enredo "Lira Carlos Gomes: 138 anos de Glória; viva a Acadêmicos do Porto na Avenida Contando a Sua História”. A agremiação contou a história da centenária Lira Carlos Gomes com quatro alas, quatro destaques, carros alegóricos e tripé.
 
 
Depois foi a vez do Grêmio Recreativo Amantes do Samba. Com o enredo "Amantes do Samba da alma guerreira: O Grito da Jurema", a escola deu um espetáculo de cor e alegria com seus 200 componentes distribuídos em quatro alegorias. Fundada em 13 de janeiro de 1982 e tendo as cores azul, vermelho e branco, teve como proposta, este ano, destacar a luta de um povo em defesa da mata.
 
 
Na sequência, veio o Grêmio Recreativo Escola de Samba "Império do Samba". Com 130 componentes e três alegorias, a escola apresentou o enredo "O Mundo Bordado de Arthur Bispo do Rosário", em homenagem ao artista sergipano Arthur Bispo do Rosário.
 
 
Encerrando o desfile, veio a Imperatriz da Cidade, trazendo aproximadamente 200 componentes. Fundada em 2012, com intuito de enriquecer ainda mais a cultura momesca de Estância, a Escola é comandada pelo carnavalesco Adonnys Diniz.
 
 
Toda a beleza das escolas de samba fazem de Estância uma cidade ímpar. Ao incentivar e apoiar financeiramente a cultura dos desfiles das Escolas de Samba pelas ruas centenárias da “Cidade Jardim de Sergipe”, a gestão municipal coloca a cidade como uma referência nessa arte de manifestação, atraindo assim o turismo e incentivando a economia criativa do Município.