Eduardo Amorim Beneficia 43 Filarmônicas Em Todo Sergipe - Paparazzo Sergipe
 
 
 
 

Eduardo Amorim Beneficia 43 Filarmônicas Em Todo Sergipe



16/04/18 10h31   Política Imprimir

Em entrevista na manhã dessa segunda-feira, 16, para o programa ‘Linha Direta’, ancorado por Jairo Alves, na Rádio Cultura AM, o senador Eduardo Amorim (PSDB-SE) confirmou sua pré-candidatura ao governo do Estado para o próximo pleito, e que, passada a fase das filiações, será o momento de discutir a composição da chapa majoritária.

 

“Caminhando por todos os cantos de Sergipe, a gente percebe e sente apenas a indignação do povo, por isso coloquei sim o meu nome à disposição como pré-candidato ao governo do Estado de forma muito consciente, já que estamos diante de tantas mazelas já previstas por nós desde 2014. Seguiremos com os projetos que ficaram prontos lá atrás para serem aplicados. Iremos alinhar os partidos da conjuntura para lançarmos logo em breve a chapa majoritária”, afirmou Eduardo.

 

No ano de 2017, o senador explicou que foi destinado emendas para as filarmônicas das cidades de Itabaiana; Brejo Grande; Estância e Boquim. Já em 2018, foram solicitadas para as filarmônicas nas cidades de Campo do Brito; Gararú; Propriá; Salgado; Riachuelo; Simão Dias; Itabaianinha; Umbaúba; Rosário do Catete e Aracaju.

 

“Solicitamos recentemente emendas para 28 filarmônicas em todo o Estado. Com mais 15 que já tinham sido contempladas, temos um total de 43 filarmônicas beneficiadas nos diversos cantos de Sergipe. Fomentar a cultura do nosso Estado é de grande importância, e ainda quando nos referimos em valorizar as filarmônicas, esse sempre foi um sonho meu que está sendo realizado. As instituições estão sendo contempladas com R$ 100 mil para cada uma”, completou ele.

 

Questionado sobre as crises mais árduas a serem tratadas para o pleito 2018, Eduardo Amorim fechou a entrevista dizendo que a maior crise que passamos é a moral e ética, portanto, ele acredita que essas situações serão verificadas e cobradas pelo povo sergipano na hora do voto.

 

Assessoria de Imprensa