EDSON CRUZ TEM SENTENÇA FAVORÁVEL NO PROCESSO ELEITORAL – ELE RECORREU E GANHOU



14/08/18 08h22   Política Imprimir

Saiu na tarde desta segunda-feira, 13, o resultado da Sentença que impugnava o mandato eletivo do prefeito de Santa Luzia do Itanhi, Edson Cruz e do vice-prefeito César Soutello. A referida ação teve como autor o ex-prefeito Adauto Dantas do Amor Cardoso.



No pedido de cassação de diploma do atual prefeito, o ex-prefeito Adauto, alegou que Edson e César foram eleitos no dia 02 de outubro de 2016 para ocuparem, respectivamente, o cargo de prefeito e vice-prefeito do Município de Santa Luzia/SE, sendo que, para conseguir este objetivo, utilizaram-se de atos ilícitos, tais como a distribuição de auxílios financeiros que variavam entre R$ 70,00 e R$ 1.300,00, elevada contratação temporária sem concurso público, contratação de eleitores através de uma OSCIP de nome SISAT (utilizada indevidamente como empresa prestadora de mão de obra) e captação ilícita de sufrágio.



Mas nesta tarde, saiu a Sentença do Juiz José Marcelo Barreto Pimenta, que julgou IMPROCEDENTE O PEDIDO para ABSOLVER os impugnados EDSON SANTOS CRUZ e CESAR DE SALLES SOUTELLO das condutas lhes imputadas, sem condenação em custas e honorários advocatícios, por ausência de previsão legal na Justiça Eleitoral. Os autos foram definitivamente arquivados.



Por Magno de Jesus