GOVERNO VAI CORTAR O PONTO DO PROFESSOR QUE NÃO COMPARECER À SALA DE AULA - Paparazzo Sergipe
 
 
 
 

GOVERNO VAI CORTAR O PONTO DO PROFESSOR QUE NÃO COMPARECER À SALA DE AULA



25/05/15 12h03   Acidente Imprimir
O Governo do Estado, através da Secretaria da Educação, anunciou nesta segunda-feira (25), que vai começar a cortar o ponto dos professores que não comparecerem às salas de aula a partir desta semana. A decisão foi porque a Justiça julgou irregular a greve dos professores e determinou multa de R$ 10 mil reais dia ao Sintese, caso não retornassem às aulas imediatamente.
 
A Educação também determinou a abertura de 40% das escolas, para que estudantes façam inscrições no Enem e não saiam prejudicados pela paralisação imposta pelos professores, mesmo depois da decisão judicial.
 
Em entrevista realizada na manhã desta segunda-feira (25), para apresentar um extenso dossiê com números, estudos e imagens que mostram o abandono de várias escolas da rede estadual de ensino de Sergipe.
 
- A greve dos professores não se dá apenas pelo reajuste do piso salarial profissional determinado por Lei, mas tem uma série de fatores que vão desde as condições de trabalho que passa a escola, a alimentação escolar, transporte escolar, as divergências de dados do Fundeb e do MDE que são publicados pelo Governo através da secretaria da educação e pelo nosso piso”, aponta a presidente do Sintese, Ângela Melo.

Com Informações FaxAju